Vozes Sem Terra -> Imagens & Vozes -> Por categorias -> Cultura: Consciência ambi …

English | Português

As Imagens e as Vozes da Despossessão: A Luta pela Terra e a Cultura Emergente do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra)

Língua:

Português (change language to English)

Esta página:

Cultura emergente por categorias -> Cultura: Consciência ambiental 9 recursos (Categorias culturais produzidas por & © Else R P Vieira)

AnteriorAnterior    recurso: 8 de 9    Seguinte

Este recurso se encontra também em:

Letras de músicas

Autor:

Letras de músicas: Eduardo Dias

Título:

Os deuses das matas


Ouça a música num stand-alone player

Download o VLC media player
Para ouvir a música, você precisa instalar o VLC media player no seu computador - download o media player
 

As vozes dos deuses das matas A ira dos anjos selvagens
Dirão sua voz
Maçaranduba (1) cai
Açaizeiro (2) cai
E o homem moto-serra ateia fogo
Macacaúba (3) cai
Samaumeira (4) cai
Sangria pelas mãos de outros valores
Tikuna, Kaiapó, Kamayurá, (5)
Bordunas (6) e flechadas no invasor
Tikuna, Kaiapó, Kamayurá,
Bordunas e flechadas no invasor
A fúria dos camponeses, pescadores
Num brado de vingança vou viver
Da seiva, que da terra há de crescer
Quintino (7) estará aqui
Batista (8) estará aqui
Fonteles,(9) Expeditos (10) vão brotar
E juntos com o Angelim (11)
Chico Mendes de Xapuri,
Os anjos serão
Deuses e demônios em cada chão
Em cada árvore, com seu poder de dizer não

1 Maçaranduba: árvore nativa do Brasil, que fornece madeira de lei vermelha com tom de chocolate, de grande uso na marcenaria

2 Açaizeiro: O açaí é uma palmeira das margens dos rios e dos terrenos pantanosos da região Amazônica

3 Macacaúba: Árvore da região do Amazonas, cuja madeira é usada em mobiliário de luxo

4 Samaumeira: Árvore de grande tronco e flores vistosas

5 Tikuna, Kaiapó, Kamayurá/ Tikuna, Kaiapó, Kamayurá: Os Tikuna são um povo indígena da região do Amazonas; os Kaiapó, são outro povo indígena, hoje muito reduzido, que habita as margens do Rio Xingu, nos estados do Mato Grosso e no sul do estado do Pará; os Kamayurá são também um povo indígena, de língua tupi-guarani, que vive no estado do Mato Grosso, ao sul do Parque Indígena do Xingu.

6 Borduna: O termo borduna refere-se a uma arma indígena, longa, feita de madeira dura, para ataque, defesa e caça (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001). Entre os sertanejos do rio Araguaia, borduna é o cacete indígena (Dicionário Aurélio Eletrônico).

7 Quintino: Quintino Lira foi um líder dos camponeses no nordeste do Pará, assassinado em setembro de 1984 pelos latifundiários da região. Dotado de uma personalidade muito forte, revoltou-se quando suas terras foram tomadas. Ficou famoso por suas fugas da polícia. Virou lenda na região.

8 Batista: [João] Batista foi um advogado combativo em defesa da classe trabalhadora, também deputado pelo PC do B. Foi assassinado em frente à mulher e filhos

9 Fonteles: nome por que é conhecido na região Paulo Fonteles, advogado e deputado pelo PC do B. Também foi assassinado.

10 Expeditos: Expedito Ribeiro e Souza foi poeta, lavrador e presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais no sul e sudeste paraense; foi a sétima pessoa assassinada em Rio Maria por sua liderança ou ligação com o movimento sindicalista rural. Depois de sua morte, foi fundado, em 1991, pelo Padre Ricardo Rezende, o Comitê Rio Maria, que é uma rede internacional de solidariedade que visa acabar com os assassinatos de lavradores e sindicalistas por pistoleiros contratados pelos grandes fazendeiros no Sul do Pará (http://www.riomaria.org/por_o_que_e.htm). A forma plural do nome, Expeditos, indica ser ele represenativo de um sem número de líderes rurais assassinados na região.

11 Angelim: O terceiro presidente cabano, aos 21 anos de idade, ocasião em que o Movimento entrou na sua fase nais radical. Cabano, nesse contexto, refere-se à República dos Cabanos, proclamada durante a terceira fase da Cabanagem, uma revolução na província do Grão Pará, que corresponde hoje aos Estados do Pará e do Amazonas (1833-36). O nome provém de "cabana", habitação pobre, montada sobre estacas. Inicialmente uma expressão da insatisfação dos grandes proprietários e políticos locais contra o poder central no Rio de Janeiro, transformou-se depois em uma revolta das populações mestiças e indígenas vivendo em péssimas condições. Foram 40.000 as vítimas das lutas (Enciclopédia Delta Universal).

Esta música é do CD Um canto pela paz

 Vá para o CD

Letras de músicas: Editado por Else R. P. Vieira

Data:

novembro de 2002

Recurso ID:

WOODLAND966

Glossário

Compilado por Else R P Vieira. Tradução © Thomas Burns.

Chico Mendes
"Francisco Neves Mendes Filho (1944-88), Chico Mendes, foi líder sindical e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xapuri (AC), Fundador do PT e da CUT no Acre, foi assassinado por fazendeiros ligados à UDR" (Fernandes, Bernardo Mançano e Stedile, João Pedro. Brava gente: a trajetória do MST e a luta pela terra no Brasil. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 1999, nota 5 p. 68). 

		À Universidade da página bem-vinda de Nottingham

Vozes Sem Terra, site hospedado pela
School of Languages, Linguistics and Film
Queen Mary University Of London, Grã-Bretanha

Coordenadora do Projeto e Organizadora do Arquivo: Else R P Vieira
Produtor do Web site: John Walsh
Arquivo criado em janeiro de 2003
Última atualização: 07 / 05 / 2016

www.landless-voices.org